Desenvolvimento pessoal através da viagem: evolução e consciencia

mondo seguros

O desenvolvimento pessoal através da viagem é uma realidade para quem vive o nomadismo digital ou pratica o slow travel. No entanto, não é sobre seu estilo de viagem ou tempo que passa em cada destino.

É sobre estar de peito aberto para aprender e compartilhar experiências. Isso pode acontecer em uma viagem de fim de semana ou quando você decide mudar de cidade por alguns anos.

A vulnerabilidade de estar em um ambiente diferente faz você ter que enfrentar incertezas, riscos e exposição. Esses sentimentos vão estar sempre presentes. O que muda é a maneira como encarará eles.

Viajar é expandir a consciência e uma das principais ações para o seu desenvolvimento pessoal. Continue lendo e descubra como viajar pode transformar a sua vida e te ensinar lições valiosas!

Desenvolvimento pessoal através da viagem: transformação de vida

Passamos pela vida procurando uma maneira de encontrar um ponto de transformação. Aquele momento de impacto capaz de mudar toda a sua história para sempre.

Frequentemente, aqueles que buscam um propósito sem sair do lugar, morrem sem nem ao menos imaginar uma alternativa para encontrar o que tanto procuram. O mais incrível, é que o segredo está guardado em nós mesmos.

Esse e todos os outros capítulos são seus

Sua vida é uma série de capítulos onde você está tentando ir do Ponto A ao Ponto B. Cada capítulo pode ser uma parte diferente da sua vida, mas a busca por significado e perspectiva continua.

Você pode ir de um ponto a outro em uma só cidade. Ou, ir do A até o B pode significar expandir os seus horizontes e procurar suas respostas na estrada.

Seja como for, sair da sua zona de conforto é uma das alternativas mais lógicas para essas respostas. Afinal de contas, se quiser resultados diferentes, terá que ir por caminhos diferentes.

Como viajar me tornou alguém mais confiante

Um dos benefícios que encontrei em viajar como nômade digital se refere a minha própria personalidade. Através das experiências que vivenciei, pode ser difícil de acreditar, mas eu costumava ser uma pessoa tímida.

Dessas invisíveis sentadas na parte de trás do ônibus que mal falam com ninguém.

Eu até me lembro de sentar ao lado de uma pessoa interessante e não ter a coragem de perguntar o seu nome. Por insegurança, timidez ou falta de confiança em mim mesmo.

Não é que deixei de ser tímido, mas hoje não deixo de fazer nada por isso. Na verdade, no momento em que reconheci minhas qualidades e meus pontos vulneráveis, tudo ficou mais claro.

Leia mais: 7 Destinos para ter uma viagem espiritual

Desenvolvimento pessoal através da viagem: evolução e consciencia 1

5 das maiores lições que se aprende enquanto viaja

É fato: viajar é sinônimo de aprendizado! Com essa experiência é possível aprender tantas coisas importantes e fundamentais que, após tanto conhecimento, é impossível permanecer o mesmo.

O desenvolvimento pessoal através da viagem começa quando superamos as adversidades e reconhecemos valiosas lições. Dentre os principais aprendizados que viajar pode proporcionar:

Lidar com imprevistos

Lidar com imprevistos é necessário em toda e qualquer situação. Isso porque, independente do quão preparado possamos estar, sempre estaremos propensos a lidar com situações fora do nosso controle.

Durante uma viagem essa necessidade fica ainda mais evidente. Afinal de contas, ao viajar, principalmente para o exterior, nunca estamos preparados para todos os percalços no caminho.

Imagine perder o seu voo e não conseguir outra alternativa para o mesmo dia. Ou, ainda, adoecer em países com sistema de saúde e cultura diferentes do que você conhece.

Seja como for, lidar com imprevistos é algo que será aprendido, nem que seja na marra. Essa é uma questão que vai além do desenvolvimento pessoal, é uma questão de sobrevivência.

Ser mais tolerante

Sempre escutamos que quanto mais viaja, mais tolerante você fica. Tenho que admitir que essa é uma grande verdade, mesmo que possa parecer clichê.

Isso não é por acaso, é pelo simples fato de confrontar a cada momento o que é diferente.

Um verdadeiro viajante deixa de ter medo do diferente e passa a se alimentar dele.

Conviver com pessoas que possuem outras culturas e crenças é tão enriquecedor que chega ser quase viciante. Um vício do bem, que deseja apenas seguir expandindo a consciência enquanto passa sua missão nesse mundo.

Poder compartilhar visões diferentes do mesmo assunto é como entender que o labirinto tem mais de uma saída. A única mudança, nesse caso, é o labirinto ser a vida.

Sabemos que devemos respeitar a todo e qualquer indivíduo, mas nem sempre temos tolerância para compreender o ponto de vista do outro. Ao viajar, essa capacidade fica ainda mais sensível, e você pode aprender a olhar o mundo com outra perspectiva.

Ser criativo para lidar com suas limitações

Buscar soluções é um dos esportes mais jogados quando falamos em viagem. Em algum momento algo sairá do planejado. Para algumas pessoas isso pode ser um horror, mas vejo sempre como uma oportunidade para boas surpresas.

Os meus melhores momentos em viagem sempre são nos imprevistos, nas surpresas ou nos problemas superados. Ser criativo nesses momentos é fundamental!

Desrespeitar sem querer um costume que não conhecia, ter dificuldades para encontrar um hotel dentro do planejado são alguns exemplos. Aprender a andar e se comunicar em uma terra tão diferente do que conhecemos é outra situação que nos obriga a sermos criativos.

Reconhecer seus pontos fortes e fracos

Como Sócrates disse “Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses”. Um dos benefícios do desenvolvimento pessoal através da viagem é a oportunidade de se conhecer melhor do que jamais imaginou ser possível.

Para se conhecer bem, é preciso reconhecer seus pontos fortes e fracos, saber onde está sua força e onde encontrar suas fragilidades. Quando estamos na estrada, a maior viagem é interna.

Existem pessoas que procuram alternativas extremas em busca da transformação total. No entanto, com muito menos, ou com apenas algumas viagens, é possível conhecer uma nova versão de si.

Descobrir que somos menos que um grão de areia

Só temos essa dimensão quando compreendemos o quão grande é o planeta em que vivemos. Na verdade, se pensar na dimensão da terra, quantas vidas seriam necessárias para aproveitar cada lugar?

Viajar nos ajuda a ter uma compreensão do quão grande e valiosa pode ser a nossa vida e a oportunidade de conhecer tantas belezas naturais. Imaginar que lugares com piscinas naturais de águas quentes e paisagens áridas como as de Fuerteventura, na Espanha, realmente existem.

É uma loucura viver em um mundo tão vasto e deslumbrante sem poder desfrutar de todas essas belezas. Viajar engrandece a alma e é a melhor alternativa para o nosso desenvolvimento pessoal.

Desenvolvimento pessoal através da viagem: evolução e consciencia 2

Ideias para o seu desenvolvimento pessoal através de viagens

Embora o desenvolvimento pessoal através de viagens aconteça naturalmente, é bem mais eficaz quando temos em mente o que esperamos dessa experiência. Para isso, é preciso estar consciente e focado em crescer durante suas experiências.

Para que sua jornada seja ainda mais transformadora, separei algumas ideias essenciais para te ajudar a compreender o seu propósito durante suas viagens. Confira!

Entenda os seus objetivos com clareza

Seja durante uma viagem a negócios ou férias em família, é possível se desenvolver no percurso e se entregar a experiência individual de aprendizado e amadurecimento.

Viajar pode trazer um esclarecimento sobre si, suas metas e seus sonhos. Para que tudo isso aconteça com eficiência e mude completamente sua visão de mundo, você precisa se fazer algumas perguntas:

  • Quais são seus objetivos a longo prazo?
  • Você quer viajar pelo mundo ou apenas visitar a Europa ou o Havaí?
  • Até onde você quer ir?
  • O que você pretende encontrar nessa viagem: novas pessoas ou a si?
  • O quão sincero está disposto a ser durante esse processo?

Não existem respostas certas nem erradas para essas questões. Inclusive, você pode dar mais de uma resposta para cada uma delas. O que importa, é entender sua intenção é fazer desse seu mapa pessoal para o desenvolvimento.

Faça uma lista de coisas que você quer fazer antes de morrer

Se você gosta de viajar, não deixe a vida passar por você. Você já fez uma lista de coisas que gostaria de fazer antes de morrer? Muitas pessoas anotam seus sonhos, mas nem todo mundo leva a sério.

Contudo, ao analisar o que a parte dessas pessoas adicionam às suas listas, podemos encontrar alguns itens em comum, como: pular de bungee jump na Nova Zelândia ou tomar um café em frente à Torre Eiffel.

Sempre buscamos oportunidade de vivenciar experiências incríveis em lugares igualmente inacreditáveis. Antes de deixar este mundo, faça uma lista de coisas que você quer fazer antes de morrer.

Parece impossível, mas se você fizer uma lista e levá-la com você em suas viagens, isso pode fazer a vida parecer mais fácil de conduzir. Essa lista vai te ajudar a encontrar o que procura e não se esquecer dos seus verdadeiros anseios.

Descubra para onde você quer ir

Você não precisa viajar por todo o globo como seus ancestrais do século XX fizeram. Você pode passar um tempo em cada um dos 26 estados, ou até mesmo em outro lugar, como as Filipinas.

O mundo é tão grande que pode ser complicado escolher para onde ir. O segredo é compreender o que você quer viver, o que deseja conhecer e o que sempre sonhou em fazer.

Algumas questões devem ser consideradas na hora de fazer essa escolha, como:

  • clima
  • comida local
  • custos de vida
  • etc.

Se quer mesmo viver o seu desenvolvimento pessoal, quanto mais desafiadora for a escolha, melhor.

O que representa a mudança cultural para o desenvolvimento pessoal?

Um dos pilares que influenciam o desenvolvimento pessoal através da viagem é a mudança cultural. Esse choque inicial pode ser muito benéfico para sua evolução como pessoa e como profissional.

Por mais incômodo que possa parecer no começo, você aprenderá a observar as coisas com outro olhar. Além do que, é através dessa sensação de incômodo que surge o amadurecimento. Entenda melhor a seguir!

Um nomade digital na Tailandia

Conhecer novas maneiras de se expressar

Imagine que você vá até lugares aonde ir à praia com roupas de banho como no Brasil, seja algo rude. Ou, conheça pessoas que consideram animais como seres sagrados.

No Japão, por exemplo, o contato físico é muito íntimo. Lá, um simples abraço ou toque pode ser considerado invasivo. Já em outros lugares, abraçar e beijar a bochecha são hábitos naturais.

O que isso influencia no seu desenvolvimento pessoal? Em muito! Conhecer novas demonstrações de afeto e aprender a se expressar de maneiras diferentes são alguns exemplos oportunos de aprendizado.

A conduta moral moldada através da perspectiva religiosa

Sabemos que, por mais que você não seja uma pessoa religiosa, se vê moldado através da sociedade em que vive por conta das crenças dominantes. Em geral, essas crenças estabelecem o que é certo e errado, fundadoras de leis e punições.

Logo, presumimos que a religião dominante em um determinado lugar pode ser fundamental para o desenvolvimento moral de uma pessoa. Imagine ir para um lugar totalmente diferente, com crenças desconhecidas por você.

Ao viajar pela Europa, por exemplo, o choque religioso tende a ser menor já que sua predominância é católica. No entanto, imagina ir para outros continentes como Ásia e África.

Nesses locais, é inevitável ser confrontado com outra fé. Esse entendimento tem muito a auxiliar no seu desenvolvimento pessoal proporcionando conhecimento e evolução.

Conhecer outras crenças para evoluir seu pensamento

Para algumas pessoas, conhecer novas crenças por ser um pouco incômodo, ainda mais se forem fervorosas no que acreditam. Mas é importante compreender a importância dessa experiência.

Evoluir seu pensamento e se tornar alguém mais tolerante e respeitoso é o principal benefício desse tipo de viagem. Afinal de contas, intolerância é ignorância e ignorância é falta de conhecimento.

Por isso, se permita conhecer novas práticas, rituais e visão de mundo. Com certeza, mal nenhum irá fazer, muito pelo contrário.

Em caso de pessoas descrentes, existem relatos de que conhecer novas crenças mudaram completamente sua perspectiva e restauraram sua fé.

Que tipo de experiências as pessoas podem trazer de volta de uma viagem?

Quando você sai para uma viagem, sem dúvidas sua bagagem volta bem mais lotada do que foi. E olha que não estou me referindo a lembrancinhas, compras ou presentes.

Sua bagagem pessoal volta diferente, bem mais completa, cheia de conhecimento, aventura e aprendizado. Um dos maiores benefícios de viajar é esse: poder trazer para casa coisas que vão além do material.

Ao conhecer alguns países na Ásia, pode ser que você volte com uma mentalidade mais tranquila. Ou, comece a praticar meditação e exerça a gratidão diariamente.

Se você teve que enfrentar novas realidades, é provável que se sinta mais grato pela sua vida, por como as coisas acontecem para você e pelas coisas que possui.

Dependendo das pessoas que conheceu, dos problemas que observou, você pode não reclamar mais com tanta facilidade.

Viajar é apenas para os ricos?

Já vimos quais as vantagens de viajar e ter o seu desenvolvimento pessoal através da viagem.

Mas afinal de contas, quanto custa essa brincadeira? Essa é uma realidade distante e possível somente para os ricos?

O mundo é um lugar lindo. Vale a pena explorar e compartilhar essa experiência com os outros. Quer você esteja com um orçamento amplo ou em uma aventura, há maneiras de economizar dinheiro enquanto viaja através de alguns simples toques.

Desenvolvimento pessoal através da viagem: evolução e consciencia 3

Dicas para uma viagem mais em conta

Se você quer fazer uma viagem mais em conta, existem algumas maneiras de economizar enquanto está viajando. A verdade é que todo mundo deveria vivenciar essa experiência incrível de conhecer novos horizontes.

Para economizar em suas viagens, siga algumas dessas dicas:

  • Fique em albergues que tendem a ser mais baratos e ainda te permitem conhecer pessoas de todo o mundo;
  • Utilize o hostelworld: uma ferramenta para encontrar essa categoria de hospedagem e poder viajar pelo mundo de maneira mais barata;
  • Viagem fora das altas temporadas, é sempre mais em conta;
  • Leve uma reserva de emergência, nunca se sabe os imprevistos que podem acontecer;
  • Escolha um roteiro que se enquadre em suas finanças.

Seguindo essas dicas você pode economizar bastante sem abdicar do desenvolvimento pessoal através da viagem.

Dicas para economizar para fazer uma viagem

Uma alternativa para viajar sem se preocupar com as despesas, é se preparar antes da data programada. Assim, você garante uma reserva de emergência e fica mais protegido.

Dentre as dicas para economizar para fazer uma viagem podemos destacar:

  • Faça um planejamento financeiro;
  • Organize suas finanças;
  • Faça uma poupança dedicada as suas viagens;
  • Venda o que não usa mais e guarde o dinheiro para as viagens;
  • Pesquise sobre o destino que pretende ir e os custos de vida por lá.

Planeje sua viagem com antecedência. Dessa forma você pode se preparar para o grande dia de maneira consciente e garantir que não terá empecilhos financeiros para vivenciar os seus sonhos.

Aposte em um seguro de viagem

Não esqueça de apostar em seguros de viagem para você e sua família. Com ele, você garante coberturas para despesas médicas, hospitalares, odontológicas e muito mais.

Apesar de parecer um gasto a mais, contar com um seguro de viagem é garantir menos despesas em eventuais necessidades. Afinal de contas, você não sabe quanto custa os serviços médicos, medicamentos e internações para onde vai.

Embora ninguém queira passar por essas situações, não estamos isentos dessa possibilidade. Você pode encontrar as melhores alternativas de seguro através do comparador Seguros Promo e ainda garantir um cupom de desconto no site.

Assim você pode viajar com tranquilidade e segurança sabendo que caso ocorra qualquer acidente, doença ou contratempo, seu seguro está à disposição para suprir os custos.

Viajar é a melhor ação para o seu desenvolvimento pessoal

Quando planejei minha primeira grande viagem aos 21 anos, não imaginava as transformações que ela faria em minha vida. A ansiedade da juventude esmagou meu peito por todo o tempo me fazendo pensar em como tudo seria.

Quando finalmente desembarquei do avião em Nova York, em um 31 de dezembro gelado, soube que tudo seria diferente. Após um misto de emoções durante o voo para quem voava pela primeira vez, eu estava em êxtase.

Ao pisar naquela nova realidade eu finalmente descobri o que eu queria para a minha vida: viajar o mundo! Cumpri com meus sonhos e desde então nunca deixei de viajar.

De lá para cá, apreciei novas oportunidades, deixei a timidez de lado, me tornei alguém mais confiante e passei a me conhecer melhor do que jamais imaginava. Tudo isso graças ao desenvolvimento pessoal que tive através desta viagem.

Não tenha medo de experimentar coisas novas, especialmente se você estiver viajando sozinho. Você não só aprenderá sobre você mesmo, mas também através das pessoas que você encontra.

Quando você viajar o máximo possível, você verá quanto potencial há no mundo — e quanto havia em você o tempo todo.

Michaël Louis
Michaël Louis
Sou um nômade digital com paixão por novas tecnologias e viagens. Criamos o Planet Nomad para ajudá-lo no seu caminho para a liberdade geográfica: o nomadismo digital e o empreendedorismo online. Se você gostou deste artigo, por favor, compartilhe-o ou deixe seu comentário, eu responderei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected
Rolar para cima